A vida...


20.01.2006




A vida é um grande aprendizado.
Quer ver:
Aprendi, aos 5 anos, que os peixinhos dourados não gostam de gelatina.
Aprendi, aos 8 anos, que meu pai pode dizer um monte de palavras que eu não posso.
Aprendi, aos 9 anos, que minha professora me chama quando não sei a resposta.
Aprendi, aos 11 anos, que os melhores amigos são os que me metem em confusão.
Aprendi , aos 13 anos, que quando o meu quarto fica do jeito que eu quero, minha mãe me manda arrumá-lo.
Aprendi, aos 15 anos, que não se deve descarregar as frustrações no irmão menor porque o pai tem frustrações maiores e a mão mais pesada.
Aprendi, aos 20 anos, que os grandes problemas começam sempre pequenos.
Aprendi, aos 25 anos, que nunca devo elogiar a comida da minha mãe se estou comendo alguma coisa que minha mulher preparou.
Aprendi, aos 29 anos, que se pode fazer num instante, algo que vai lhe dar dor de cabeça para o resto da vida.
Aprendi, aos 33 anos, que as mulheres gostam de ganhar flores especialmente se for sem motivo algum.
Aprendi, aos 34 anos, que não cometo muitos erros de boca fechada.
Aprendi, aos 38 anos, que se quiser ser convidado para festas tenho que dá-las.
Aprendi, aos 39 anos, que você sabe que a sua esposa o ama quando sobram dois bolinhos e ela pega o menor.
Aprendi, aos 41 anos, que nunca se conhece bem os amigos até que tire férias com eles.
Aprendi, aos 42 anos, que se você está levando a vida sem fracassos, não está correndo riscos suficientes.
Aprendi, aos 47 anos, que crianças e avós são aliados naturais.
Aprendi, aos 49 anos, que se cuidar bem dos empregados, eles cuidarão bem dos seus clientes.
Aprendi, aos 51 anos, que quando chego atrasado ao trabalho, meu patrão chega cedo.
Aprendi, aos 63 anos, que é legal curtir o sucesso, mas não posso acreditar muito nele.
Aprendi, aos 64 anos, que não posso mudar o que já passou, mas posso deixar para lá.
Aprendi, aos 66 anos, que todos que dizem "dinheiro não é tudo", geralmente têm muito.
Aprendi, aos 67 anos, que quem espera se aposentar para começar a viver, esperou tempo demais.
Aprendi, aos 71 anos, que nunca se deve ir para a cama sem resolver uma briga.
Aprendi, aos 72 anos, que quando as coisas vão mal eu não tenho que ir com elas.
Aprendi, aos 76 anos, que envelhecer é importante se você é um queijo.
Aprendi, aos 91 anos, que amei menos do que devia.
Aprendi, aos 92 anos, que tenho muito a aprender.

Bjos!

Um ótimo final de Semana p/ toduxxxxx

Escrito por Angel às 16h05
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web:

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Centro-Oeste, Mulher, de 15 a 19 anos, French, Música, Livros