A vida...


04.11.2005


...como eu gostaria de estar sentindo diferente, de estar solta novamente, livre para qualquer coisa como se eu naum tivesse nd a perder...agora já perdia algo que na verdade nunca tive, algo que por sinal nunca mereci, mas que ainda busco e quero receber da mesma pessoas que me tirou algo que sempre desejei, algo que sempre quis, mas que nunca tive...

...eu queria já ter aprendido a me amar de verdade...

Quando me amei de verdade

Quando me amei de verdade pude compreender que qualquer
circunstância, eu estava no lugar certo , na hora certa. Então pude relaxar.

Quando me amei de verdade pude perceber que o sofrimento emocional é sinal de que estou indo contra a minha verdade.

Quando me amei de verdade parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento .

Quando me amei de verdade comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar algum coisa ou alguém que ainda que não está preparado - inclusive eu mesma.

Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo o que não fosse saudável. Isso quer dizer: pessoas, tarefas, crenças e - qualquer coisa que me pusesse prá baixo. Minha razão chamou isso de egoísmo . Mas hoje eu sei que é amor-próprio .

Quando me amei de verdade deixei de temer meu tempo livre e desisti de fazer planos. Hoje faço o que acho certo e no meu próprio ritmo. Como isso é bom!...Quando me amei de verdade desisti de querer ter sempre razão, e com isso errei muito menos vezes.

Quando me amei de verdade desisti de ficar revivendo o passado e de me preocupar com o futuro. Isso me mantêm no presente, que é onde a vida acontece.

Quando me amei de verdade percebi que a minha mente pode me atormentar e me decepcionar.
Mas quando eu a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.

"...Nada na vida acontece por acaso..."

Escrito por Angel às 16h08
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web:

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Centro-Oeste, Mulher, de 15 a 19 anos, French, Música, Livros